Receitas

    Arroz de Couve-flor, Legumes refogados e Mini Hamburger de Frango

    2 de August de 2016

    Durante a semana eu almoço sozinha e confesso que muitas vezes dá uma certa preguiça/desânimo de cozinhar só para mim. Então sempre que dá eu tiro algumas horas de algum dia mais livre para adiantar algumas coisas para durante a semana.

    Hoje postei no instagram o resultado das marmitinhas que fiz para congelar. Foram 8 porções e embora sejam coisas bem simples, como algumas pessoas pediram, vou explicar como fiz.

    Arroz de Couve-flor, Legumes refogados e Mini Hamburger de Frango

    Arroz de Couve-flor, Legumes refogados e Mini Hamburger de Frango

    # Arroz de Couve-Flor

    1 couve-flor grande
    3 dentes de alho
    Sal a gosto

    Higienize a couve-flor e triture no processador. Em uma panela frite o alho em óleo ou azeite e junte a couve-flor. Coloque sal a gosto e refogue até cozinhar.

    # Legumes refogados

    1 abobrinha grande ralada
    2 cenouras médias raladas
    1 brócolis ninja pré-cozido e picado
    3 dentes de alho em lâminas
    Sal e temperos a gosto (eu usei chimichurri)

    Refogue o alho em um pouco de óleo ou azeite e junte a cenoura. Adicione a abobrinha e por último o brócolis. Tempere com sal e outros temperos a gosto. Retire do fogo quando ainda estiver al dente.

    # Hambúrger de Frango

    Essa receita eu já dei nesse outro post: Salada Coleslaw, Hambúrguer de Frango e Legumes Assados.

    Montagem

    Divida o arroz de couve-flor e os legumes em 8 porções iguais. Adicione a proteína de sua preferência, eu escolhi o hamburger de frango, que funciona muito bem para congelar e não fica ressecado na hora de esquentar.

    Coloque as marmitas abertas na geladeira e quando estiverem completamente geladas, tampe e leve ao freezer ou congelador por até 3 meses.

    marmita02

    Embalagens

    As embalagens para as marmitas podem ir ao freezer e ao micro-ondas. Comprei em uma loja de embalagens e 10 unidades saíram R$8,30. Em quantidades maiores o preço vai ficando menor.

    Elas podem ser reutilizadas.

    heart

    , , , ,
    Instagram

    Instagram do Mês #53

    1 de August de 2016
    Instagram de Julho

    Instagram de Julho

    01. Macarrão com Brócolis, essa é uma receita que postei no blog em 2007. Resolvi gravar porque faço até hoje e é deliciosa: true-luv.com/macarrao-com-brocolis.
    02. Bolo de Chocolate, Cerejas e Doce de Leite, esse fiz para o aniversário da minha mãe, mas já fiz esse bolo outras vezes. Receita: true-luv.com/bolo-de-chocolate-cerejas-e-doce-de-leite.
    03. Um cachorro de roupa com capuz sempre faz seu dia melhor ♡
    04. Cookies de Chocolate com M&M que foram para SP. Receita também tem aqui no blog: true-luv.com/cookies-com-gotas-de-chocolate-e-mms.
    05. Caneca do Dia: true-luv.com/caneca-do-dia-25.
    06, 07, 08, 09. Bolo Floresta Branca que fiz para o aniversário do Bruno. Sim, muitos cancerianos na família: true-luv.com/bolo-floresta-branca.
    10. (O melhor) Chocolate Quente Cremoso: true-luv.com/chocolate-quente-cremoso.
    11, 12, 13. Festa da Cerejeira em Campos do Jordão com o Bruno, minha irmã e amigos. Já falei tanto dessa festa aqui no blog que tem até tag: #festa-da-cerejeira.
    14. Colher de arroz fofa que ganhei da minha irmã. Vende na @daisojapanbrasil.
    15. Terceira parte da série de posts que fiz sobre a minha câmera atual que uso para fotos e vídeos: Panasonic Lumix G7: true-luv.com/review-panasonic-lumix-g7.
    16. Último sábado do mês de bastante trabalho.

    Para me seguir no instagram: @tamaradantas
    Para acompanhar alguns dos assuntos do blog: #trueluvreceitas | #trueluvdecor | #trueluvporai

    heart


    Fotografia

    Review Panasonic Lumix G7

    28 de July de 2016

    Esse é o terceiro (e último) post de uma série que fiz sobre a Panasonic Lumix G7. O primeiro foi "Porque troquei a Canon pela Panasonic" e o segundo "Minhas impressões da Panasonic Lumix DMC-G7".

    Esse post demorou muito mais do que eu imaginava para ser publicado por vários motivos e problemas pessoais, então minhas sinceras desculpas para quem estava esperando por ele.

    Mas esse tempo todo teve sua vantagem porque eu realmente pude usar a câmera por alguns meses e ter uma experiência real o que torna esse review mais honesto.

    Vamos lá que o post vai ser longo!

    Panasonic Lumix DMC-G7

    Panasonic Lumix DMC-G7

    Recapitulando algumas informações básicas sobre essa Mirrorless da Panasonic:

    - Sensor micro 4/3
    - 16 megapixel
    - Filma em 4K
    - O ISO chega a 25.600
    - Wi-Fi
    - 49 pontos de foco
    - Visor de 3" é touchscreen
    - Filma em 60fps
    - Auto foco contínuo

    Funções

    Além das funções básicas para fotos que são: multipla exposição, foto panorâmica, time lapse, HDR, 4K burst, modos de cena e filtros criativos, escolhi algumas outras que acho interessantes e acho que são destaques muito positivos dessa câmera:

    Indicador de nível eletrônico: Como o nome já diz, ele mostra se sua câmera está nivelada.

    Peaking: para auxiliar quem gosta de usar o foco manual.

    Aspect Ratio: Essa é uma função bobinha que eu adoro. Você pode escolher os seguintes formatos de fotos: 4:3, 3:2, 16:9 e 1:1. Esse último já faz a foto quadradinha, perfeita para postar no Instagram.

    Balanço de Branco: Além do balanço de branco comum, é possível configurar pela temperatura de cor da luz que você está usando o que é bem útil quando se trata de luz artificial. Por exemplo se estou usando uma lâmpada com a temperatura de cor 5500K, é só colocar essa configuração na câmera. Acho super útil.

    Botões de função personalizáveis: são 5 botões físicos espalhados pelo corpo da câmera, em que você pode escolher qual função aplicar a cada um deles. Essa é uma das coisas mais úteis que se pode imaginar, acho que todos os fabricantes deveriam ter algo assim.

    Abas Personalizáveis: Assim como os botões físicos, também é possível personalizar as funções que você quer ter mais a mão nas abas que ficam no visor da câmera.

    Post Focus: Essa é uma função muito interessante, mas confesso que no dia-a-dia eu não me lembro que ela existe. Com ela você pode tirar uma foto e escolher o foco depois. Aqui tem um exemplo dessa função sendo aplicada.

    Lentes e Adaptadores

    Por ter o sensor menor que as DSLRs você pode usar praticamente qualquer lente, de qualquer marca (Canon, Nikon, etc..) na sua Panasonic G7 através de alguns tipos de adaptadores:

    - Simples - Controle de Abertura - Redutor focal - Speed Booster

    - Simples | Controle de Abertura | Redutor focal | Speed Booster

    Simples: você apenas encaixa a lente no adaptador e coloca na sua câmera. Esse tipo de adaptador não te dá controle de abertura e foco.

    Controle de Abertura: diferente do modelo anterior, esse adaptador de tá um controle manual da abertura da lente.

    Redutor focal: Esse adaptador tem um elemento ótico e reduz o crop da G7 que é 2x para 1.6x, trazendo um resultado semelhante as câmeras cropadas da Canon.

    Speed Booster: esse promete o controle total da sua lente, foco automático, abertura pela própria câmera, reduz o crop e dá um aumento de 1.3-stop. Mas é claro que tudo isso não é barato, esse tipo de adaptador custa quase o preço da G7 e hoje na B&H sai por $649.00. Então a menos que você tenha um kit de lentes muito incrível de outra marca, vale mais a pena você vender suas lentes e comprar lentes Panasonic.

    Pesquisei muito sobre adaptadores porque no início não sabia se valeria a pena manter minhas lentes Canon e comprar um adaptador, ou vender tudo e partir para lentes próprias para minha câmera. Eu não ia ficar feliz com adaptadores que não dessem um controle total da lente pela câmera e um mais completo sairia muito caro pra mim. Então resolvi vender minhas lentes Canon e partir para um novo kit de lentes micro 4/3.

    Lentes micro 4/3

    Lentes micro 4/3

    Além da lente do kit 14-42mm f/3.5-5.6, também tenho uma 20mm 1.7 (minha queridinha, amo muito e é a lente que sempre está montada na câmera), 42.5mm 1.7 e uma Sigma 60mm 2.8 Art. Em uma outra ocasião posso fazer um review separado de cada uma delas.

    Aplicativo

    O wi-fi em uma câmera é algo que você pode achar que não precisa, mas depois de usar parece ser algo indispensável. Através do Panasonic Image App disponível para Android e iOS você tem todo o controle da câmera no seu celular, inclusive pode ver o que está sendo gravado, bem útil para quem faz vídeos sozinho. Mas a função que eu mais uso é a da transferir fotos direto para celular em poucos segundos.

    Panasonic Image App

    Panasonic Image App

    Ou seja, se estiver em um passeio, você tira suas fotos, transfere para o celular via wi-fi e pode postar em qualquer rede social em tempo real sem a necessidade de um computador por perto.

    Essa é uma das funções que eu mais amo e uso sempre.

    Conclusão

    Essa é uma câmera leve e simples de manusear. No início as inúmeras funções intimidam um pouco, mas depois de aprender a usá-las, você fica mal acostumado.

    Para quem vem de outras marcas, em poucos minutos é possível se habituar aos menus que são muito simples e particularmente achei bem bonitos.

    Para o meu uso pessoal os pontos negativos foram:

    - Não é possível tirar fotos se a câmera estiver no modo vídeo. Acredito nem todo mundo use algo assim, mas quando gravo vídeos de receitas, isso facilitava muito a minha vida, mas já estou me acostumando com a ausência dessa função.

    Atualização: No modo foto é possível fazer vídeos apertando o botão "Rec" e o botão de disparo serve para fazer as fotos. Ou seja, o "problema" que eu tinha em tirar fotos enquanto gravava vídeo foi solucionado.

    - O viewfinder dessa e de outras mirrorless é eletrônico, tanto que se a câmera estiver desligada e você colocar o olho lá não vai ver nada. Mas o que tenho estranhado é o brilho e o tipo de imagem que vejo nele. Não sei explicar muito bem, mas essa é uma das 2 coisa que ainda não me acostumei completamente.

    De resto, acho a Lumix G7 uma câmera fantástica com um custo x benefício muito bom. Ela faz fotos e vídeos muito nítidos, tem funções super úteis, as lentes da Panasonic são fabricadas no Japão e todas as que usei até agora tem uma qualidade muito boa.

    Separei algumas fotos bem aleatórias, uma feita com cada lente que eu tenho.

    Lumix G Vario 14-42mm f/3.5-5.6 II ASPH. MEGA O.I.S. F5.6 | 1/400 | ISO 200

    Lumix G Vario 14-42mm f/3.5-5.6 II ASPH. MEGA O.I.S.
    F5.6 | 1/400 | ISO 200

    LUMIX G 42.5/F1.7 f4 | 1/13 | ISO 400

    LUMIX G 42.5/F1.7
    f4 | 1/13 | ISO 400

    SIGMA 60mm F2.8 DN f2.8 | 1/400 | ISO 400

    SIGMA 60mm F2.8 DN
    f2.8 | 1/400 | ISO 400

    O Lavandário de Cunha

    LUMIX G 20/F1.7 II
    f3.2 | 1/6400 | ISO 400

    LUMIX G 20/F1.7 II  f8 | 1/200 | ISO 200

    LUMIX G 20/F1.7 II
    f8 | 1/200 | ISO 200

    Essa última foto não tem nenhuma edição, está exatamente como saiu da câmera.

    heart

    ,
    Receitas

    Bolo Floresta Branca

    13 de July de 2016
    Bolo Floresta Branca

    Bolo Floresta Branca

    Massa

    6 ovos
    180 gramas de açúcar
    1 colher (sopa) de baunilha
    180 gramas de farinha
    12 gramas de fermento em pó
    1/2 colher (chá) de sal

    Bata os ovos com o açúcar e a baunilha por cerca de 10 minutos. Adicione o restante dos ingredientes peneirados misturando delicadamente com a espátula. Leve ao forno 180 graus em 3 assadeiras de 18cm de diâmetro com papel manteiga no fundo. Não precisa untar.

    Creme

    1 lata de leite condensado
    1 xícara (chá) de leite
    3 colheres (sopa) de amido de milho *colher medida
    1 colher (sopa) de manteiga
    1 colher (sopa) de extrato de baunilha

    Leve ao fogo até engrossar. Cubra e deixe esfriar completamente.

    Recheio

    300 gramas de cerejas escorridas (guarde a calda para umedecer o bolo)
    200 gramas de creme de leite fresco batido

    Misture o creme já frio com as cerejas picadas. Adicione aos poucos o chantilly misturando delicadamente.

    foresta-branca02

    Cobertura

    200 gramas de creme de leite fresco
    2 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro

    Bata em ponto de chantilly.

    Montagem

    Em um aro ou assadeira coloque uma massa de bolo, umedeça com a calda da cereja dissolvida em um pouco de água. Coloque metade do recheio e cubra com a segunda massa de bolo. Novamente umedeça e adicione a segunda metade do recheio. Coloque a última massa, umedeça e cubra com plástico filme. Leve ao congelador por umas 2 horas.

    Retire do congelador e cubra com o chantilly. Enfeite como desejar, eu usei apenas alguns confeitos em formato de coração.

    foresta-branca03

    heart

    , , ,