Tutoriais  27/05/2008 

HTML e XHTML

O Objetivo deste artigo não é ensinar como construir páginas em HTML ou XHTML válido e sim mostrar de uma forma resumida as diferenças entre ambas as linguagens.

O HTML é uma linguagem de marcação utilizada para produzir páginas na Web.

O XHTML é uma reformulação da linguagem de marcação HTML combinada com regras da XML. Este processo de padronização tem em vista a exibição de páginas Web em diversos dispositivos (televisão, palm, celular, etc).

O XHTML consegue ser interpretado por qualquer dispositivo, independentemente da plataforma utilizada, pois as marcações possuem sentido semântico para as máquinas. O HTML não consegue esta implementação. No entanto, não existem muitas diferenças entre o HTML e o XHTML.

O World Wide Web Consortium (W3C) é um consórcio de empresas de tecnologia que desenvolve padrões para a criação e a interpretação dos conteúdos para a Web

Sites desenvolvidos segundo esses padrões podem ser acessados e visualizados por qualquer pessoa ou tecnologia, independentemente de hardware ou software utilizados, como celulares, PDAs, eletrodomésticos, de maneira rápida e compatível com os novos padrões e tecnologias que possam surgir com a evolução da internet. Daí a importância de ter um site com páginas em XHTML válido.

Para verificar se uma página XHTML está bem construída, o melhor método é validar o código através dessa aplicação Web disponibilizada pela W3C: http://validator.w3.org/

Versões de XHTML

XHTML Strict - Permite apenas páginas com códigos limpos ao extremo. Isso significa que todos os atributos e formatações devem ser definidos por meio de CSS e os elementos desaprovados pela W3C não podem ser usados.

XHTML Transitional - Bem mais flexível que o Strict, é indicado para quem está em processo de transição de uma marcação antiga para uma mais moderna.

XHTML Frameset - É usado para páginas que contenham frames. Permite as mesmas marcações do XHTML Transitional.

Opinião pessoal - Se você pretende ter um site que siga 100% os padrões, talvez seja perda de tempo editar todas as suas páginas para validar seu xhtml utilizando doctype transitional. O melhor é aprender a construir suas páginas de forma correta e com o tempo se livrar dos antigos hábitos (elementos desaprovados pela W3C).

Fontes de pesquisa

- Wikipédia
- Livro: Html 4.0 e Xhtml 1.0 - Domínio e Transição


Leia Também

Deixe seu comentário

13/04/2009 ・ 20:57

Os meus maiores problemas são: conseguir que meu blog fique igualzinho usando o XHTML e fazer “I-frames” nele. :18:

Beijinhos!