Fotografia  28/07/2016 

Review Panasonic Lumix G7

Esse é o terceiro (e último) post de uma série que fiz sobre a Panasonic Lumix G7. O primeiro foi "Porque troquei a Canon pela Panasonic" e o segundo "Minhas impressões da Panasonic Lumix DMC-G7".

Esse post demorou muito mais do que eu imaginava para ser publicado por vários motivos e problemas pessoais, então minhas sinceras desculpas para quem estava esperando por ele.

Mas esse tempo todo teve sua vantagem porque eu realmente pude usar a câmera por alguns meses e ter uma experiência real o que torna esse review mais honesto.

Vamos lá que o post vai ser longo!

Panasonic Lumix DMC-G7

Panasonic Lumix DMC-G7

Recapitulando algumas informações básicas sobre essa Mirrorless da Panasonic:

- Sensor micro 4/3
- 16 megapixel
- Filma em 4K
- O ISO chega a 25.600
- Wi-Fi
- 49 pontos de foco
- Visor de 3" é touchscreen
- Filma em 60fps
- Auto foco contínuo

Funções

Além das funções básicas para fotos que são: multipla exposição, foto panorâmica, time lapse, HDR, 4K burst, modos de cena e filtros criativos, escolhi algumas outras que acho interessantes e acho que são destaques muito positivos dessa câmera:

Indicador de nível eletrônico: Como o nome já diz, ele mostra se sua câmera está nivelada.

Peaking: para auxiliar quem gosta de usar o foco manual.

Aspect Ratio: Essa é uma função bobinha que eu adoro. Você pode escolher os seguintes formatos de fotos: 4:3, 3:2, 16:9 e 1:1. Esse último já faz a foto quadradinha, perfeita para postar no Instagram.

Balanço de Branco: Além do balanço de branco comum, é possível configurar pela temperatura de cor da luz que você está usando o que é bem útil quando se trata de luz artificial. Por exemplo se estou usando uma lâmpada com a temperatura de cor 5500K, é só colocar essa configuração na câmera. Acho super útil.

Botões de função personalizáveis: são 5 botões físicos espalhados pelo corpo da câmera, em que você pode escolher qual função aplicar a cada um deles. Essa é uma das coisas mais úteis que se pode imaginar, acho que todos os fabricantes deveriam ter algo assim.

Abas Personalizáveis: Assim como os botões físicos, também é possível personalizar as funções que você quer ter mais a mão nas abas que ficam no visor da câmera.

Post Focus: Essa é uma função muito interessante, mas confesso que no dia-a-dia eu não me lembro que ela existe. Com ela você pode tirar uma foto e escolher o foco depois. Aqui tem um exemplo dessa função sendo aplicada.

Lentes e Adaptadores

Por ter o sensor menor (micro 4/3) que as DSLRs você pode usar praticamente qualquer lente, de qualquer marca (Canon, Nikon, etc..) na sua Panasonic G7 através de alguns tipos de adaptadores:

- Simples - Controle de Abertura - Redutor focal - Speed Booster

- Simples | Controle de Abertura | Redutor focal | Speed Booster

Simples: você apenas encaixa a lente no adaptador e coloca na sua câmera. Esse tipo de adaptador não te dá controle de abertura e foco.

Controle de Abertura: diferente do modelo anterior, esse adaptador de tá um controle manual da abertura da lente.

Redutor focal: Esse adaptador tem um elemento ótico e reduz o crop da G7 que é 2x para 1.6x, trazendo um resultado semelhante as câmeras cropadas da Canon.

Speed Booster: esse promete o controle total da sua lente, foco automático, abertura pela própria câmera, reduz o crop e dá um aumento de 1.3-stop. Mas é claro que tudo isso não é barato, esse tipo de adaptador custa quase o preço da G7 e hoje na B&H sai por $649.00. Então a menos que você tenha um kit de lentes muito incrível de outra marca, vale mais a pena você vender suas lentes e comprar lentes micro 4/3.

Pesquisei muito sobre adaptadores porque no início não sabia se valeria a pena manter minhas lentes Canon e comprar um adaptador, ou vender tudo e partir para lentes próprias para minha câmera. Eu não ia ficar feliz com adaptadores que não dessem um controle total da lente pela câmera e um mais completo sairia muito caro pra mim. Então resolvi vender minhas lentes Canon e partir para um novo kit de lentes micro 4/3.

Lentes micro 4/3

Lentes micro 4/3

Além da lente do kit 14-42mm f/3.5-5.6, também tenho uma 20mm 1.7 (minha queridinha, amo muito e é a lente que sempre está montada na câmera), 42.5mm 1.7 e uma Sigma 60mm 2.8 Art. Em uma outra ocasião posso fazer um review separado de cada uma delas.

Aplicativo

O wi-fi em uma câmera é algo que você pode achar que não precisa, mas depois de usar parece ser algo indispensável. Através do Panasonic Image App disponível para Android e iOS você tem todo o controle da câmera no seu celular, inclusive pode ver o que está sendo gravado, bem útil para quem faz vídeos sozinho. Mas a função que eu mais uso é a da transferir fotos direto para celular em poucos segundos.

Panasonic Image App

Panasonic Image App

Ou seja, se estiver em um passeio, você tira suas fotos, transfere para o celular via wi-fi e pode postar em qualquer rede social em tempo real sem a necessidade de um computador por perto.

Essa é uma das funções que eu mais amo e uso sempre.

Conclusão

Essa é uma câmera leve e simples de manusear. No início as inúmeras funções intimidam um pouco, mas depois de aprender a usá-las, você fica mal acostumado.

Para quem vem de outras marcas, em poucos minutos é possível se habituar aos menus que são muito simples e particularmente achei bem bonitos.

Para o meu uso pessoal os pontos negativos foram:

- Não é possível tirar fotos se a câmera estiver no modo vídeo. Acredito nem todo mundo use algo assim, mas quando gravo vídeos de receitas, isso facilitava muito a minha vida, mas já estou me acostumando com a ausência dessa função.

Atualização: No modo foto é possível fazer vídeos apertando o botão "Rec" e o botão de disparo serve para fazer as fotos. Ou seja, o "problema" que eu tinha em tirar fotos enquanto gravava vídeo foi solucionado.

- O viewfinder dessa e de outras mirrorless é eletrônico, tanto que se a câmera estiver desligada e você colocar o olho lá não vai ver nada. Mas o que tenho estranhado é o brilho e o tipo de imagem que vejo nele. Não sei explicar muito bem, mas essa é uma das 2 coisa que ainda não me acostumei completamente.

- O auto foco não é rápido como de uma canon 70D ou algumas câmeras da sony.

De resto, acho a Lumix G7 uma câmera fantástica com um custo x benefício muito bom. Ela faz fotos e vídeos muito nítidos, tem funções super úteis, as lentes da Panasonic são fabricadas no Japão e todas as que usei até agora tem uma qualidade muito boa.

Separei algumas fotos bem aleatórias, uma feita com cada lente que eu tenho.

Lumix G Vario 14-42mm f/3.5-5.6 II ASPH. MEGA O.I.S. F5.6 | 1/400 | ISO 200

Lumix G Vario 14-42mm f/3.5-5.6 II ASPH. MEGA O.I.S.
F5.6 | 1/400 | ISO 200

LUMIX G 42.5/F1.7 f4 | 1/13 | ISO 400

LUMIX G 42.5/F1.7
f4 | 1/13 | ISO 400

SIGMA 60mm F2.8 DN f2.8 | 1/400 | ISO 400

SIGMA 60mm F2.8 DN
f2.8 | 1/400 | ISO 400

O Lavandário de Cunha

LUMIX G 20/F1.7 II
f3.2 | 1/6400 | ISO 400

LUMIX G 20/F1.7 II  f8 | 1/200 | ISO 200

LUMIX G 20/F1.7 II
f8 | 1/200 | ISO 200

Essa última foto não tem nenhuma edição, está exatamente como saiu da câmera.

, ,
Leia Também

Deixe seu comentário

03/08/2016 ・ 09:23

Ei Tamara, essa câmera dá pra disparar fotos de um controle remoto?
Eu achei ela perfeita, pena que o preço é um pouco salgado =/

    03/08/2016 ・ 16:46

    Eu não cheguei a procurar controle remoto porque com o próprio app você pode disparar remotamente.
    Sobre o preço, aqui no Brasil o pessoal tem abusado pouco. Quando comprei a minha, lá fora ela estava o mesmo preço da Canon T5i. Sei que o pessoal que trás por encomenda da B&H com o dólar atual está pedindo 3 mil.